Velocidade como um hábito: Como a pressa te faz andar mais rápido

A lógica empresarial se resume à velocidade. Você, leitor, nunca verá a empresa mais devagar ganhando uma corrida!

É essencial sempre estar um passo à frente da concorrência para atingir grandes resultados. Mas mesmo assim, vemos muitas empresas que demoram muito a tomar uma decisão.

O que podemos falar é: essas companhias estão fadadas ao fracasso. Demorar para decidir qual modelo de negócios melhor se encaixa ao seu produto, qual é a melhor forma de vender, dentre outros pontos, só retardam o crescimento de uma empresa.

O fail fast, mais do que nunca, se faz necessário. Quer saber como a pressa move o Vale do Silício?

Como a pressa move um dos ambientes mais inovadores do mundo?

Qual é o segredo dos EUA quando falamos de tecnologia e empreendedorismo? A resposta para essa pergunta varia bastante de acordo com quem responder.

Mas uma das respostas mais interessantes que já vi, foi dada por Reid Hoffman, um dos membros da Paypal Mafia e fundador do LinkedIn, que recentemente foi vendido para a Microsoft.

Ele diz que o grande diferencial norte americano não está no capital humano, mas sim na capacidade de investimento.

Devido à segurança jurídica, é grande o número de investidores no Vale do Silício e consequentemente, as empresas dessa região contam com mais dinheiro do que seus concorrentes no resto do mundo.

Com acesso tão fácil ao capital, elas conseguem pagar os melhores engenheiros, vendedores, publicitários e etc. No final das contas, com todas essas possibilidades, escalar as vendas passa a ser algo mais fácil.

Não é à toa que empresas como o Slack, Uber e etc. conseguem expandir tão rapidamente. Mas como alinhar a pressa com a falta de dinheiro, que é tão comum no nosso mercado?

Simples: adote processos que são comprovadamente vitoriosos! Não perca tempo com testes inúteis.

Tente aplicar o que é certo sem medo de errar. Utilize o fail fast!

Fail Fast: utilize isso para ontem

Fail Fast utilize isso para ontem

O que vai fazer a sua empresa crescer rapidamente? Como validar o seu modelo de negócios de forma eficiente? Simples: tenha pressa.

Utilize o fail fast. Mas não faça isso da forma errada. Ao invés de buscar aquele vendedor experiente, pense em estruturar um time comercial segmentado com estagiários. E não pense duas vezes antes de tomar essa decisão.

Ao invés de tentar construir um produto completo, solte o seu MVP no mercado para tentar validá-lo rapidamente.

Provavelmente essa pressa que vai dizer se a sua empresa vai escalar rápido ou não. E talvez seja ela que vai dizer se o seu produto realmente possui fit de mercado.

Então, não perca tempo! Tenha pressa. É ela que te diferencia de uma grande empresa.

Como a pressa diferencia uma startup de grandes empresas

Quem já trabalhou dentro de uma grande empresa, sabe que nelas existe uma cadeia de comando bem rígida. A comunicação ocorre de forma lenta e na grande parte das vezes, interesses políticos se sobrepõem ao resultado final.

Dessa forma, elas possuem uma dificuldade enorme para inovar. Até por isso, muitas delas acabam estruturando áreas de inovação fora da sua estrutura central para não ficarem para trás.

É só olhar a diferença entre uma General Motors e o Google. Enquanto o primeiro demorou vários anos para se tornar o gigante, o outro precisou de menos de uma década.

A diferença é que em Startups, todos os membros das equipes estão com pressa. Seja de vender, inovar ou até produzir conteúdo para o blog.

Enquanto o Google lançou o Google+ de forma mais rápida possível, a GM demora pelo menos um ano para testar um conceito no mercado. Então já é possível imaginar que se o primeiro falhar, é muito mais fácil buscar uma alternativa.

Já o segundo, precisa aguardar pelo menos um ano para testar algo novo no mercado. Sem contar que a estrutura do Google prioriza o feedback entre os times, enquanto em grandes empresas normalmente todas as áreas trabalham de forma separada.

E além dessa comunicação aberta e vontade de inovar, quer saber qual é a metodologia que torna Startups muito mais rápidas que as grandes empresas?

SCRUM: O trabalho de um mês feito em apenas uma semana

Já ouviu falar do SCRUM? Se não, você ainda não sabe o que está perdendo.

Com ele, é possível fazer muito trabalho em pouco tempo. Ao invés de montar um planejamento onde não existe comunicação entre os times, no SCRUM existem reuniões diárias entre os membros dos times para levantar melhores e piores cases, além do que tem atrapalhado o trabalho do dia a dia.

Além disso, o planejamento é quebrado em entregas semanais, o que torna a evolução do projeto algo mais palpável, ao invés de esperar o projeto terminar para colher algum resultado.

E você, já testou o SCRUM na sua empresa? Se funciona para empresas como Google, Microsoft e etc., sem dúvida também funcionará em seu negócio.

Além disso, é possível aplicá-lo também em marketing e vendas!!!

Com essa metodologia, é possível acompanhar melhor os resultados das campanhas de prospecção e marketing em geral, avaliando o que deu certo, errado e também os pontos que mais tem atrapalhado os trabalhos dos times.

Se quiser aprender mais sobre o SCRUM, confere o livro do Jeff Sutherland sobre o tema. Com certeza irá ajudar bastante a sua empresa a se tornar mais ágil.

Vale a pena ir sempre com pressa?

O único caso onde não vale a pena correr antes da hora, é quando falamos de escalabilidade de produto. Não vale a pena vender um software aos montes sem saber se ele vai conseguir suportar todo o tráfego que irá receber.

Então, pense com carinho na hora de decidir escalar o seu negócio. Se o seu produto não aguentar, sua empresa estará se metendo em uma roubada.

Conclusão

Os seus concorrentes têm pressa. Os seus melhores colaboradores também têm pressa! Já percebeu que se você também não tiver, vai acabar ficando pra trás, certo?

Então, comece já a adotar metodologias como o SCRUM e tenha pressa para ter sucesso. Ela não irá esperar os acomodados!

cta ebook construa um ótimo time de vendas sem vendedores experientes